Perder tempo com problemas de TI pode matar seu negócio

tempo ti
  • 30 de agosto de 2018
  • por
  • 0 comentário

A Tecnologia da Informação (TI) se tornou, nos últimos anos, algo tão enraizado e importante nas atividades empresariais que é impensável gerir e operar um negócio próspero sem a utilização de recursos como a internet, e-mail, computadores, smartphones e outras tecnologias que agilizam e organizam processos administrativos e conectam pessoas e empresas.

Computadores precisam de manutenção

Assim como qualquer outro equipamento ou estrutura empresarial (máquinas, veículos, condicionadores de ar, etc.) computadores precisam de manutenção e elas precisam ser feitas tanto para corrigir problemas quanto para evitar problemas.

Evitar um problema nos computadores da empresa, normalmente, é muito mais barato do que corrigir e lidar com as consequências de um defeito inesperado.

Hoje, é possível contratar serviços muito baratos que incluem o diagnóstico de problemas em placas, periféricos, discos rígidos e outras partes dos computadores e notebooks.

Vale a pena conhecer estes serviços e planos de manutenção de computadores para empresas porque além de detectar falhas antes ou logo quando elas acontecem e corrigi-las sem a necessidade de perder tempo descobrindo uma assistência técnica, aguardando um espaço na agenda do fornecedor e aguardando o atendimento. Com o uso de tecnologia é possível a realização de diagnóstico e início de atendimento pela Internet quase imediatamente.

Backup, mais do que uma cópia de arquivos

Perdas de dados são o pesadelo de qualquer empresa: cadastro de fornecedores, cadastro de clientes, documentos, contratos, modelos de documentos, planilhas de orçamentos, documentação contábil, pedidos e vários outros documentos digitais quando perdidos podem quebrar uma empresa e gerar até problemas legais.

A gestão de cópias de segurança (backups) vai muito além da criação de cópias de arquivos e do armazenamento em algum HD disponível.

A criação de uma rotina sistemática de cópia, armazenamento em lugar e estrutura segura, a organização das versões de arquivos, a “sanitização” (detecção e retirada de vírus) e outras tarefas precisam ser feitas rotineiramente para garantir que, quando as coisas forem mal, haverá um caminho para a restauração dos sistemas e dos dados.

Uma pesquisa da Aliança Nacional de Segurança Cibernética dos Estados Unidos descobriu que até 60% das empresas que sofrem ataques cibernéticos encerram suas atividades nos 6 meses posteriores ao incidente.

Uma pesquisa da Aliança Nacional de Segurança Cibernética dos Estados Unidos descobriu que até 60% das empresas que sofrem ataques cibernéticos encerram suas atividades nos 6 meses posteriores ao incidente.

Conectividade

Manter os sistemas e colaboradores conectados à Internet hoje em dia é praticamente mandatório para quase todas as empresas: quando sistemas param de se comunicar (como o sistema de pagamento do seu ERP) e colaboradores perdem acesso aos clientes e parceiros por causa da falta de  conectividade as coisas viram um caos.

Dependência do “rapaz da TI” – um mal das empresas brasileiras

Parece piada, mas muitas empresas são dependentes do “rapaz da TI”, algo tão comum que já virou roteiro até de esquetes humorísticas e tema central de seriados. I

sso é especialmente verdadeiro para empresas brasileiras, que ainda parecem ter dificuldade em entender o custo-benefício de ter seu parque de equipamentos em condições ótimas de operação e suas redes e dados seguros.

Quando a empresa opta por ter um colaborador da área de TI para resolver todo tipo de problema ou contrata um jovem autônomo para prestar os serviços de suporte do parque de computadores, sistemas e dispositivos eletrônicos acaba se tornando quase “refém” dessa pessoa – que nem sempre consegue atender todas as necessidades da organização.

Além disso, gerenciar este profissional ou a equipe de suporte de TI é uma atividade que consome tempo e recursos que a contratação externa evita (13º salário, férias, PL, benefícios, custos de estrutura e ferramental, possíveis causas trabalhistas, etc.).

Há ainda aquelas empresas que se arriscam contando com a ajuda de um colaborador de outra área, mas que conhece um pouco mais sobre informática e acaba assumindo tarefas importantes como o backup e a manutenção da rede da empresa.

Embora hajam muitos excelentes profissionais, a busca por uma solução barata acaba levando à opções de fornecedores que trabalham sem métodos ou ferramentas adequadas.

Se sua empresa está buscando crescimento,  certamente vai lidar com clientes maiores. Lembre-se que, quanto maiores são os clientes, mais exigentes eles se tornam.

Há muitos órgãos públicos e empresas privadas que incluem nos seus contratos condições conhecidas como SLA – Service Level Agreement  (ou Contrato de Nível de Serviço). Este contrato contém condições, tempos de resposta e atendimento à demandas e, também, as punições para o descumprimento delas (sanções, descontos, multas, etc.)

Para cumprir uma SLA é preciso concentrar-se totalmente na atividade fim da empresa, fornecendo os produtos ou serviços dentro dos parâmetros acordados. Por isso, perder tempo aguardando a solução ou tentando resolver de problemas em computadores, notebooks, nos servidores ou na rede é inadmissível.

O cumprimento de acordo de nível de serviço (SLA) pode virar um forte argumento de vendas para sua empresa: se você cumpre para um cliente, seus clientes potenciais já sentem segurança na sua capacidade de entrega.

Se seu negócio não é informática, contrate quem entende do assunto

Talvez este seja o melhor conselho a ser dado: se sua empresa não é uma empresa de informática e depende de sistemas, computadores, redes e acesso à Internet para fechar negócios e operar em condições normais, é melhor manter tudo funcionando com a ajuda de quem entende do assunto e poder contar com especialistas para quando algo der errado.

Hoje, há possibilidades e modos de contratação que se encaixam nas possibilidades de investimento de praticamente qualquer empresa.

Gostou do artigo ou tem alguma dúvida? Deixe seu comentário ou entre em contato com a gente pelo nosso Fale Conosco, vamos ficar felizes em ajudar você e sua empresa.