Como evitar o sequestro de dados de sua empresa?

No mundo atual os criminosos encontraram novas formas de conseguir dinheiro de forma ilegal. Uma delas é o roubo de informações. Veja, neste artigo, como evitar o sequestro de dados de sua empresa.

Algumas estimativas estipulam que o sequestro de informações proporcionou um prejuízo de 5 bilhões de dólares somente este ano a empresas de todo o mundo. Uma forma de crime que, infelizmente, vem se aperfeiçoando cada vez mais.

Segundo pesquisas, em 2016 metade das empresas brasileiras sofreram algum ataque deste tipo. Outro dado preocupante é que 56% das empresas do país não possuem métodos para evitar o sequestro de dados de sua empresa.

O que é o sequestro de dados?

O sequestro de dados, também conhecido como ransoware, é uma prática criminosa em que hackers entram no sistema de grandes empresas e tornam indisponíveis seus próprios dados, através de criptografia.

Para liberar estes dados de volta para os seus usuários, os sequestradores cobram quantias muitas vezes exorbitantes. Vale lembrar que isso depende muito do porte a empresa e das informações que foram roubadas.

Empresas infectadas com ransomware estão sujeitas a diversos problemas que vão desde a perda total de dados, quando ela não possui um backup de informações ou o mesmo não está atualizado.

Ou até mesmo interrupção dos serviços desempenhados pela empresa, as vezes as informações são tão importantes que a perda delas podem prejudicar até o atendimento aos clientes.

Como evitar o sequestro de dados de sua empresa?

Diversas práticas, algumas bem simples outras mais complexas, podem te ajudar a evitar o sequestro de dados de sua empresa. Confira as principais e coloque-as em ação na sua empresa!

  • Realize as atualizações dos sistemas operacionais: as atualizações dos sistemas operacionais não devem ser ignoradas. Clicar no “Lembrar mais tarde” deixa os seus equipamentos vulneráveis

Manter os sistemas sempre atualizados é ótimo para quem deseja evitar o sequestro de dados de sua empresa.

Vale a pena lembrar que as atualizações devem ser testadas previamente antes de serem colocadas nos equipamentos da sua empresa.

  • Mantenha programas de segurança ativados: o antispam, antivírus e firewall devem estar sempre ativos. O antivírus é a primeira defesa que o seu computador usará para combater os vírus.

Manter uma boa estrutura de filtros no firewall e antispam também é essencial, assim você tem controle, podendo analisar e rastrear o fluxo de dados que entram nos seus computadores.

  • Faça um backup diário: o backup também é uma forma de defesa contra ataques. Ele deve ser usado em último caso, quando o assunto é proteção de sequestro de informações.

Para evitar que os seus backups sejam também invadidos, opte por uma opção remota de armazenamento. Assim não haverá contato do hacker com as suas informações.

  • Ensine os seus colaboradores: às vezes uma pequena quebra na segurança pode facilitar o roubo de dados importantes. Para evitar o sequestro de dados de sua empresa ocorra ensine os seus colaboradores.

É importante que eles saibam identificar o que pode ser uma tentativa maliciosa de invadir todo o seu sistema. Às vezes um clique em um e-mail de origem desconhecida pode causar danos inimagináveis.

Confira algumas formas que um funcionário despreparado pode ser a causa de um ataque causado por hackers na empresa:

  • Mensagens de e-mail, às vezes com simulações de ofertas e em outras com anexos que estão infectados.
  • Senhas fracas, são fáceis de serem quebradas.
  • Notícias sensacionalistas, na maioria das vezes são falsas, ao clicar nelas você pode ser encaminhado para sites nocivos.
  • Links duvidosos, não clique em nada que você perceba que tenha algum endereço estranho diferente dos habituais.
  • Anúncios na web, fique atento as vezes o link é muito parecido com o de uma empresa conhecida, as não é o real. Verifique antes.

Por isso é muito importante treinar os usuários e alertá-los sobre possíveis riscos e como identificá-los. Ofereça treinamentos frequentes, os mantenha atentos e evite problemas com sequestro de informações.

Estabeleça uma política de segurança: crie um sistema de normas para ser seguido por todas as áreas da sua empresa. Estabeleça o que não pode e o que deve ser feito e como isso precisa ocorrer.

Criar regras e colocá-las em prática é uma forma simples de fazer que ou seus colaboradores as sigam e que os resultados negativos sejam evitados.

Esperamos que as nossas dicas ajudem você a manter a segurança da sua empresa e evitar o sequestro de dados de sua empresa.

Confira aqui mais artigos como esse